top of page

Quem falou que Prefeitos não podem ir presos por desmandos na destinação do Lixo!



Operação da polícia federal nesta ação que ocorreu no estado de Rondônia demonstrou mais uma vez a vulnerabilidade de praticamente todos os prefeitos do brasil, vez que, temos hoje em operação mais de 3000 (três mil) lixões a céu aberto, já que, convivemos com mais de 3.000 (três) lixões a céu aberto além de inúmeros lixões travestidos de aterros sanitários.

Este mito de que não dá nada para prefeitos no dia a dia está sendo quebrado e prefeitos e ex-deputado de Rondônia são presos pela PF em operação reciclagem na investigação nos crimes contra a administração pública.

Desta vez os Prefeitos contemplados foram os do Ji-Paraná, Cacoal, São Francisco do Guaporé e Rolim de Moura que foram presos, segundo a polícia.

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO) iniciaram, nesta sexta-feira (25), a Operação Reciclagem para apurar crimes contra a Administração Pública.

Quatro prefeitos e um ex-deputado estadual foram alvos de mandados de prisão preventiva, segundo a polícia.

Os prefeitos presos são:

· Gislaine Clemente (MDB) (a Lebrinha, filha do deputado estadual Lebrão) - prefeita de São Francisco do Guaporé;

· Luiz Ademir Schock (PSDB) (o Luizão do Trento) - prefeito de Rolim de Moura;

· Marcito Aparecido Pinto (PDT) - prefeito de Ji-Paraná (2ª maior cidade de Rondônia);

· Glaucione Maria Rodrigues Neri (MDB) - prefeita de Cacoal (5ª cidade mais populosa do estado);

O ex-deputado investigado é Daniel Neri, marido da prefeita Glaucione. Daniel também foi preso preventivamente e deve ser ouvido na sede da PF de Ji-Paraná.




166 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page