Quem falou que Prefeitos não podem ir presos por desmandos na destinação do Lixo!



Operação da polícia federal nesta ação que ocorreu no estado de Rondônia demonstrou mais uma vez a vulnerabilidade de praticamente todos os prefeitos do brasil, vez que, temos hoje em operação mais de 3000 (três mil) lixões a céu aberto, já que, convivemos com mais de 3.000 (três) lixões a céu aberto além de inúmeros lixões travestidos de aterros sanitários.

Este mito de que não dá nada para prefeitos no dia a dia está sendo quebrado e prefeitos e ex-deputado de Rondônia são presos pela PF em operação reciclagem na investigação nos crimes contra a administração pública.

Desta vez os Prefeitos contemplados foram os do Ji-Paraná, Cacoal, São Francisco do Guaporé e Rolim de Moura que foram presos, segundo a polícia.

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO) iniciaram, nesta sexta-feira (25), a Operação Reciclagem para apurar crimes contra a Administração Pública.

Quatro prefeitos e um ex-deputado estadual foram alvos de mandados de prisão preventiva, segundo a polícia.

Os prefeitos presos são:

· Gislaine Clemente (MDB) (a Lebrinha, filha do deputado estadual Lebrão) - prefeita de São Francisco do Guaporé;

· Luiz Ademir Schock (PSDB) (o Luizão do Trento) - prefeito de Rolim de Moura;

· Marcito Aparecido Pinto (PDT) - prefeito de Ji-Paraná (2ª maior cidade de Rondônia);

· Glaucione Maria Rodrigues Neri (MDB) - prefeita de Cacoal (5ª cidade mais populosa do estado);

O ex-deputado investigado é Daniel Neri, marido da prefeita Glaucione. Daniel também foi preso preventivamente e deve ser ouvido na sede da PF de Ji-Paraná.




153 visualizações

Telefone: +55 (11) 2528-7762 ​Endereço: Avenida Paulista nº

Sistema INER de Resíduos Sólidos.  Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"O segredo e não ter segredo"