Custo dos Investimentos

Entender o que é investimento é algo fundamental para alcançar suas metas. Muitas pessoas têm dúvidas sobre esse assunto, mas você verá aqui uma explicação que vai mudar a forma como você entende esse conceito.

 

Se você está sem tempo para ler, que tal ouvir atentamente o vídeo postado ao lado?  Poderá lhe ajudar a entender muito mais sobre nossa visão de investimento.

Investimento é qualquer gasto ou aplicação de recursos que produza um retorno futuro. Esse conceito envolve tanto dinheiro quanto capital intelectual, social ou natural. E acredite: desvendar seus significados pode ser bem mais simples do que parece.

 

Não é preciso ser um especialista em finanças para investir, mas é importante ter uma noção do que é investimento e o porquê esse conceito faz parte da vida da maioria das pessoas. Afinal, a nossa relação com o dinheiro nos afeta diretamente.


Infelizmente, em muitos casos essa relação é conflituosa, principalmente para quem não tem conhecimento de como lidar com o dinheiro. Para que você não passe por isso ao integrar como empresário investidor no Sistema INER de Resíduos Sólidos, estamos aqui de forma simples explicando o que seria esse investimento na aquisição de nossas usinas e as garantis que você teria do retorno de seu capital.

 

Investir é diferente de poupar, porém, quando você poupa, transfere a responsabilidade do retorno do resultado a terceiros, e por esse motivo a poupança acaba sempre sendo o pior dos investimentos em relação a rendimentos, diferentemente do investimento feito através de empreendedorismo, que além de lhe dar a capacidade de obter um grande lucro, também lhe traz a valorização de seu patrimônio.

 

É comum que as expressões “investir” e “poupar” sejam usadas como sinônimas, apesar de seus significados serem distintos. Poupar tem relação com guardar dinheiro e, geralmente, exige disciplina e mudanças nos hábitos financeiros, como o corte de gastos supérfluos, por exemplo.


Com isso, o objetivo é que, no fim do mês, as entradas de dinheiro sejam maiores do que as saídas. Para muitos, essa pode ser uma missão quase impossível, já que há muitas obrigações a serem honradas e é mais provável que falte dinheiro em vez de sobrar.


Para poupar, é essencial ter foco para atingir as metas estabelecidas, além de apenas pagar todos os boletos. Quem decide poupar para comprar um carro, por exemplo, deve separar determinada quantia pelo tempo necessário para atingir o objetivo final.


Investir, por sua vez, não é somente juntar dinheiro, mas aplicá-lo para que haja uma remuneração no futuro. No Brasil, a confusão também é frequente, pois, a aplicação mais utilizada pelas pessoas para guardar dinheiro é a caderneta de poupança, apesar do rendimento ruim, e isso significa falta de confiança em si mesmo. Falta ao brasileiro o espirito de empreendedorismo.

 

Investir é diferente de especular. Benjamin Graham, um grande investidor, sintetizou bem a diferença entre investir e especular:

“Uma operação de investimento é aquela que, por meio da análise, promete uma segurança para o principal e um retorno adequado. As operações que não vão ao encontro dessas exigências são especulativas.”


 

Especular, então, é investir com condições de incerteza, o especulador compra um bem, com a confiança de que ele vai se valorizar, para depois vendê-lo a um preço maior. O risco desse tipo de operação é muito alto, já que no momento da compra, o especulador nunca tem certeza de que ele vai mesmo se valorizar. Por isso, geralmente especular é um ato associado a ganhos ou perdas de quantias enormes de dinheiro, coisa bem diferente do que estamos oferecendo através da aquisição das usinas do Sistema INER de resíduos Sólidos.


Nossa proposta de investimento vem cercada de todos os tipos de segurança. Nosso investidor tem a possibilidade de estudar toda nossa proposta através de especialistas para ter ainda mais certeza da impossibilidade de a mesma não vir a dar certo, já que o lixo nunca deixará de ser “fabricado”. Ao contrário de outros mercados, o lixo é um mercado que só tende a crescer. Basta observar a quantidade de embalagens que hoje utilizamos e que no passado não tínhamos sequer 10% disso.

 

Nosso risco é zero com relação a perda do investimento. Já as chances de termos um retorno crescente, são praticamente garantidas por contratos celebrados com o acompanhamento e chancela do Ministério Público através de TACs (Termos de Ajustamento der Conduta) por parte dos chefes do poder executivo municipal. Além de que, com o desaparecimento dos ferros velhos e dos compradores ambulantes de resíduos sólidos reciclados, em 4 anos poderemos triplicar nossos rendimentos.

 

Investir é bem diferente de apostar e isto é um outro erro comum praticado no Brasil que insiste em acreditar que o investimento é uma aposta. Quem nunca ouviu uma frase como “se quiser investir, aposte no mercado imobiliário” ou algo do gênero? Contudo, investir não é apostar! Apostar é arriscar o dinheiro em algo totalmente incerto e aleatório, sem que haja qualquer garantia de retorno.


Na aposta, depende-se exclusivamente da sorte para obter retorno e é, literalmente, como jogar na loteria. Já o investimento pressupõe estudo e análise sobre um ativo e seus riscos. Isso não quer dizer que o retorno é certo, mas o estudo prévio traz maior possibilidade de lucro, e no nosso caso esse estudo já foi realizado em todas as regiões do Brasil, haja visto os dados que constam em nosso Termos de Viabilidade Econômica.

Telefone: +55 (11) 2528-7762 ​Endereço: Avenida Paulista nº

Sistema INER de Resíduos Sólidos.  Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"O segredo e não ter segredo"