Sistema INER avança para a solução dos lixões abandonados


Em reunião técnica realizada nesta terça-feira, dia 09/03/2021, a diretoria técnica do Sistema INER de resíduos sólidos, responsável pela implantação do programa “Lixo Zero, Social 10”, visitou as instalações da BNPETRO, empresa especializada em solução para o passivo (lixões abandonados) e também para o ativo (resíduos sólidos orgânicos coletados no dia a dia).


A reunião foi por nós, do grupo INER, considerada um grande avanço para as duas empresas, primeiramente na recuperação das áreas degradadas, que é uma das especialidades da BNPETRO, enquanto o Sistema INER, através da parceria com a CESB – Confederação do Elo Social Brasil, tem a expertise na liberação das áreas degradadas através de procedimentos junto ao Ministério Público, o executivo e o legislativo municipal.



Temos no Brasil mais de 10.000 lixões abandonados, gerando multas mensais, e as vezes diárias, contra seus proprietários, se forem da iniciativa privada e, em caso de área municipal, gerando inúmeros problemas para com os prefeitos. Nossa parceria irá apresentar a solução para esse problema.


Nesses lixões e aterros sanitários abandonados e prejudicando o meio ambiente através da infiltração de chorume nos lençóis freáticos e do oxigênio através da emissão de gases poluentes. Temos uma verdadeira fortuna em óleo diesel, gasolina, querosene e outras riquezas mais, as quais pretendemos explorar e devolver o solo descontaminado para a população brasileira.


Estuda-se utilizar o mesmo equipamento no tratamento dos resíduos sólidos (“lixo”) no Sistema INER de resíduos sólidos - projeto “Lixo Zero, Social 10”, deixando assim de gerar energia elétrica para gerar outros tipos de riquezas.


O sistema de recuperação de passivos, que são os lixões propriamente ditos, gerará também uma quantidade infinita de trabalho para cooperados do sistema INER.



187 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo